terça-feira, 11 de abril de 2017

~ 7 dicas para a sua viagem!

Deixe um comentário

Uma viagem pode ser refúgio para dias nublados.
Uma viagem pode trazer renovação para um coração sem direção.
Uma viagem pode te deixar livre, em paz e te fazer sorrir ainda mais...

Posso ainda dizer aquelas famosas frases: "Viajar é mudar a roupa da alma" ou "Uma vez por ano, vá a algum lugar que nunca esteve antes". Ah essa última se tornou a minha preferida! E comecei a praticar o conselho do grande mestre Budista Dalai Lama há alguns anos.

Sempre amei viajar! Conhecer novos lugares, viver novos momentos, conhecer novas histórias. Poder registrar e compartilhar tudo isso, fez eu me tornar Blogueira e agora também Fotógrafa.

Viajar é bom demais! Mas nem sempre temos facilidade em termos de tempo e financeiramente falando, para percorrer esse mundão a fora. Eu particularmente, nem sempre posso tirar férias pra fazer viagens longas (tenho uma rotina normal de trabalho diária). Mas aprendi que posso explorar o mundo várias vezes em um ano, de várias formas, por vários ângulos.
Há alguns anos atrás, planejei minha primeira viagem de avião com o auxílio de um porquinho de barro. Sim, gente! Aqueles cofrinhos de porquinhos que vendem nos semáforos por aí...Rsrsrs Todo trocadinho que tinha, depositava nele. E durante 8 meses foi assim, até o dia da viagem. No dia de embarcar, quebrei para retirar o dinheiro. Para minha surpresa, o acúmulo de trocadinhos nos últimos 8 meses havia me rendido​ um quantia significativa, para pelo menos bancar algumas refeições ou passeios (ainda não tinha muita habilidade para pesquisas e planejamento do roteiro com preços e dicas de locais baratos). O fato é que ao final da viagem, o dinheiro do porquinho ajudou na contratação de todos os passeios que fizemos por Natal, RN e também para fazermos um bate-volta à João Pessoa, PB. Foi a partir daí que curti montar minhas viagens e a compartilhar dicas de como é possível chegar lá.

Em todas as viagens que fiz, busquei sempre montar um roteiro por conta própria, para que tudo saísse perfeito, do meu jeito e na medida exata. Sou daquelas que adora conhecer lugares diferentes, que nem sempre estão nos roteiros tradicionais das agências. Não tenho nada contra as agências! Acho até que elas ajudam bastante as pessoas a realizar seus sonhos de conhecerem lugares incríveis. Mas é que eu gosto mesmo é de me aventurar e conhecer as coisas no meu tempo, conforme o coração desejar.
No último ano, por algumas escolhas, precisei abrir mão de uma viagem que estava programando há algum tempo (Baheeeeaaa, um dia ainda te vejooo...Rsrsrs). Fiquei um pouco triste inicialmente. Afinal, além de ser algo que eu gosto muito de fazer, eu estava precisando naquele momento. Precisava de um fôlego, de uma renovação! Alguns dias se passaram, até que percebi, durante a minha melhor viagem de carnaval, que poderia me motivar programando a viagem dos meus sonhos ou simplesmente me programando para viajar mais. Foi então assim, que comecei a estabelecer algumas prioridades e mudei um pouco a minha forma de pensar sobre o assunto.  E ao estabelecer prioridades, a minha visão sobre viagens foi ficando mais madura e diferente. Para quem antes se preparava apenas para uma viagem de férias, hoje tenho como prioridade viajar e conhecer lugares diferentes, até mesmo durante os finais de semana. 
Parte desta visão, mudou com a minha realidade daquele momento, em que não pude tirar férias, e também com a seguinte reflexão: "Viajar é abastecer o corpo e a alma de memórias que nos ajudam a enfrentar o dia a dia." E é exatamente isso que viajar proporciona. Além disso, você pode ficar mais rico em vários sentidos e amadurecer em diversos aspectos.

E com tanta coisa bacana que venho aprendendo sobre viagens, resolvi listar em 7 minhas dicas básicas sobre viagens:

1 - Antes de sair correndo comprando passagens em promoção, faça a sua lista de locais para conhecer e pesquise, pesquise muito, muito mesmo, em qual deles você pode ter o melhor custo x benefício em termos de locais para conhecer, tempo para ficar, custo com o local, se haverá despesas extras como emissão de vistos ou outros tipos de taxas (isso sem dúvidas é um balizador na escolha), veja se você precisa tomar vacinas específicas.


2 - Local definido! Busque grupos sobre ele no Facebook e que de quebra podem te levar a grupos de Whatsapp desta trip. Essa sem sombras de dúvidas é uma das melhores dicas dos últimos tempos..Rsrs Mochileiros já praticam isso há um bom tempo. Mas somente há alguns anos os grupos de viagem se tornaram mais frequentes, movimentados e bem interessantes. Neles, geralmente estão não só os viajantes. Mas também moradores locais brasileiros que sempre dão aquela "mãozinha" na hora de compartilhar ótimas dicas sobre o local e como você pode fazer em casos de emergência, locomoção e afins. Minha viagem ao México foi praticamente toda planejada com as dicas do grupo "Dicas de Viagens Cancún", no Facebook e que foi criado por uma brasileira que mora lá há alguns anos. Gostei tanto da experiência, que resolvi repetir a dose para a minha trip pelo Sudeste Asiático! Foi então que descobri um grupo de brasileiros que moram na Tailândia, também no Facebook, e a partir daí, diversos grupos se formaram no Whatsapp. Além de ser uma ótima ferramenta para troca de informações, foi pelo Whatsapp que compartilhamos as datas do roteiro de cada um, adicionamos estas a uma lista pública no Google Drive e combinamos encontros dos Brazucas pela Ásia e alguns passeios juntos. O lance dos grupos também nos ajudou muito a criar laços de amizade. 😍


FOTO MONTAGEM DOS AMIGOS QUE FIZ PELA ÁSIA

3 – Itens indispensáveis em uma bagagem de mão ou na bagagem comum: Sempre leve uma muda de roupa na bagagem de mão: Não queremos nem pensar de ter a bagagem extraviada não é mesmo?! Mas é sempre bom pensar em parte no pior se planejar para isso.  Além disso, aeroportos são super frios. Você pode embarcar com uma roupa desconfortável e mal conseguir relaxar durante o trajeto (isso vale para viagens de carro também).

Em sua bagagem comum, tente colocar tags ou algum tipo de adesivo que lhe auxilie na identificação no momento da retirada em aeroportos, ainda mais se ela for preta.
Para qualquer tipo de bagagem, seja mala normal ou mochila, use lacre descartável para reforçar a segurança ou algum cadeado maior que o tradicional TSA. Em termos visuais, os cadeados TSA parecem seguros, mas nos engamos ao forçar uma caneta ou lápis sob o zíper da mala e ao arrastar, ela abrir e depois, basta puxar novamente o zíper na direção anterior, que parece que sua mala esta intacta!

Para evitar isso, passe o lacre descartável (costumo usar os lacres da Seal Bag) na alça da mala e no gancho do cadeado. Este mesmo processo funciona com aqueles cadeados que possuem o gancho maior, possibilitando encaixá-lo também na alça da mala. Você verá que não será possível arrastar o zíper pela mala, pois ele estará estático na alça, evitando assim que ela seja aberta e tenha itens furtados.


4 - Se tem vontade de viajar mais ou fazer aquela tão sonhada viagem, estabeleça prioridades em termos financeiros.

Hoje em dia é possível tentar economizar em vários aspectos. Você pode por exemplo optar por uma hospedagem mais em conta, já que na maioria das vezes se passa mais tempo na rua conhecendo o local, nem sempre é preciso arcar com hospedagens super caras e que podem vir a comprometer o orçamento da sua viagem.

É claro que existem aquelas viagens que buscamos também curtir e aproveitar o local de estadia. Mas como disse, tudo é uma questão de prioridades e também da sua condição atual. Se você pode gastar um pouquinho mais e quer curtir também o local de estadia, aproveite..;)
Um outro exemplo de economia para viagens, são os diversos programas de milhagens existentes hoje em dia. Compras no cartão de crédito com qualquer item, te rendem milhas. Abastecer no posto de gasolina, te rendem milhas. Lembrar sempre de resgastar os créditos das últimas viagens, também lhe rendem milhas! Pode ser que nem sempre você tenha a quantidade de milhas suficiente para resgatar 2 ou mais trechos. Mas ainda assim, existe a opção de milhas + dinheiro, onde você pode pagar fazer o acréscimo do que faltou em pontos, em dinheiro e pagar menos do que o valor da passagem normal.
Ainda na opção “milhas”, hoje a Gol linhas áereas conta com o Club Smile em seu programa de fidelidade, onde você pode pagar mensalmente um valor a sua escolha para acumular milhas todos os meses (Ex,: Participo do Club Smile onde pago mensalmente R$42,00 e acumulo, também mensalmente, 1.000 milhas).
Na hora de escolher o roteiro, pesquise sobre a alimentação no local e veja como você pode economizar neste quesito. Destinos como Europa constumam ter preços mais altos em se tratando de refeição. Já a Ásia é bem barata. E em alguns países da América do Sul e Central, dependendo do local, os preços costumam também ser acessíveis.
Programe transferências agendadas para sua conta poupança e esqueça que tem dinheiro indo pra lá! Ele pode te ajudar a compor uma bela viagem!
Não é muito adepto a esse lance de conta poupança, transferências, agendamentos, então procure guardar uns trocados do modo mais antigo e tradicional: O cofrinho!
Hoje existem inúmeras opções que deixam até a decoração da casa mais atraente, como por exemplo este quadro:

Você vai depositando dinheiro para sua viagem.

5 – Gosta de viajar, mas não tem tempo ou muito dinheiro disponível? Procure também conhecer os locais próximos da sua Cidade, Cidades vizinhas ou até mesmo, países vizinhos. Dependendo do país, gasta-se pouco e dá pra conhecer os principais pontos em um final de semana ou feriado (Ex.: Buenos Aires). Cidades próximas também são ótimas pedidas para refúgios durante os fins de semana e contribuem muito para a renovação da alma.
No último ano, por exemplo, como não pude fazer uma viagem de férias, recorri aos feriados normais, aos feriados das Olimpíadas, aos fins de semana, para explorar locais que ainda não conhecia, que são lindos e existem muitas coisas a se fazer por lá (Búzios, Ilha Grande, Paraty e Campos do Jordão).



6 – Se você é mulher e adora compor looks diferentes durante as viagens, como eu, tente economizar na hora de adquirir peças para a trip! Para a minha última viagem que fiz de 25 dias pelo Sudeste Asiático, levei peças leves (fiz meu primeiro mochilão e compartilhei a dica de como arrumar a mochila) e baratas. Precisei comprar algumas peças de roupas para usar nesta viagem em específico, por conta da Religião e costumes dos países que passei (este item é extremamente relevante durante a pesquisa). Muitas delas, comprei com ticket refeição...rsrsrs. Hoje em dia, muitas barraquinhas aceitam também esta opção como pagamento de roupas, e para sempre haver saldo nele, optava por consumir comida de casa. 


7 – A sétima dica básica e um das mais preciosas pra mim: não tire nada, além de fotos! Não deixe nada, além de pegadas. Não leve nada, além de lembranças! Melhor ainda se elas te acompanharem fisicamente em uma fotografia.
Amo curtir a vibe do lugar, aproveitar intensamente tudo há de bom para explorar. Mas registrar os melhores momentos que tenho na vida, faz parte da paixão que carrego aqui, dentro de mim...

Então não esqueça de levar pelo menos uma câmera. E faça registros do que quiser, como quiser e sempre que puder. As memórias a gente carrega no coração. Mas as fotos também podemos mostrar um dia para os nossos filhos e dizer a eles o quanto soubemos sorrir.


Agora não esqueça das dicas e comece colocar em prática para realizar a sua próxima trip, hein?!

Um super beijinho,
Pathy Lourenço


Patrícia Lourenço ou Pathy Lourenço, 30 anos, carioca, taurina. Administradora por formação e Pós-graduada em Gestão Estratégica por Processos, alimenta durante anos a paixão pelo mundo da maquiagem, beleza, moda e fotografia. Ama viajar e capturar a beleza, o encanto de cada lugar que passa e dos momentos que vive. A partir da ideia de amigos, recentemente criou o blog Beauté Clicks para divulgação dos seus trabalhos e hobbies. Futuramente, busca se especializar em cada um deles para expandir suas paixões à sua vida profissional.

Pathy Lourenço é colunista convidada do blog Papel, palavra, coração.
Siga a blogueira no:

0 comentários:

Postar um comentário