quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Olho no olho

28 Comentários

Olho no olho. Suor sobre a pele, sol escaldante. Meus ombros ardiam, minhas pernas pediam abrigo. Eu só queria meu quarto, meu refúgio.

Viajei 150km para te ouvir que já era tarde demais. Tarde demais para os planos, para a casa de campo naquela cidadezinha que tanto amávamos passar os feriados com nossas famílias, e onde dizíamos empolgados que repousaríamos quando já cansados da vida maluca da cidade, onde nossos netos nos visitariam e passariam horas correndo pela casa enquanto ouvíamos suas risadas ecoando pelos corredores. Tarde demais para nossas aventuras futuras, tarde demais para um eu te amo, tarde demais para repetir as promessas que fizemos no último baile do colegial. Tarde mais para nós. 

Seu olhar caiu sobre o meu quando o meu já distanciava-se de suas mãos afastando meus braços que famintos foram em busca do seu abraço. Que saudade que eu estava de sentir seu calor, suas mãos geladas pousando sobre minhas costas nuas sob sois e sois pelos quais passamos. Sua pupila dilatou tão rapidamente ao encontrar meu olhar que quase pude desvendar todos os segredos da sua alma, todos aqueles que eu ainda desconhecia. 

Seus lábios moviam-se e eu encolhia a cada sílaba, estardalhaços de vidros ecoavam em minha mente, cada golpe me enfurecia, entristecia. Todas as fantasias que um dia criamos juntos desmoronaram. Eu quis chorar, mas prendi as lágrimas como se minha vida depende-se daquilo. Existiam palavras, mas você não a quis ouvir. Lembra que você disse que eu precisava ser mais durona? A hora seria agora. Fechei os olhos e virei de costas.

Eu fiz minha escolha, você a sua. Você estava na minha, mas eu não estava na sua. Isso me bastava.



Brunna Correia é paulistana, web designer e futura jornalista (ou roteirista). Ama a escrita, é autora do blog Brutwos e colaboradora do blog Papel, palavra, coração. 

Siga no:
                        Facebook  - Instagram Twitter

28 comentários:

  1. Olá, eu ainda não conhecia a Brunna mas gostei bastante do texto. Achei as palavras bem utilizadas e deu uma certa intensidade na crônica.

    ResponderExcluir
  2. Olá Yohana!
    Que texto mais lindo, triste e recheados de sentimentos que afloram nossa pele enquanto lemos.
    Que venham outros da Brunna que não conhecia, mas adorei conhecer.
    Muito lindo mesmo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oiii linda, como vai?
    Que coisa mais linda esse texto, fiquei realmente encantada e cada vez que entro nesse blog é uma grande surpresa. Parabéns <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus! Que texto lindo, triste e forte! Estou eu aqui querendo ler mais. O que aconteceu, porque se separaram? Mesmo sem estas respostas, devo dizer que fiquei presa nas suas palavras, parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Bruna, que texto lindo.
    Deu pra sentir muitas emoções através dele, ele traz muito sentimento.
    Parabéns por ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! <3
      Fico muito feliz que tenha gostado!

      Excluir
  6. Nossa, que texto lindo, a escrita é algo incrível e com certeza você sabe como ussr ela, o texto é algo forte e é capaz dr entrar na mente de quem está lendo.
    Art of life and books.

    ResponderExcluir
  7. Adorei escrever aqui para o blog.
    Estou aguardando a próxima semana <3

    ResponderExcluir
  8. Olá, amei o texto, super bem escrito, possibilitando imaginar a cena com facilidade e transmitindo bem o fim de um relacionamento.

    ResponderExcluir
  9. Oiee Brunna ^^
    Adorei o texto ♥ fiquei feliz em saber que a protagonista conseguiu ser forte no final e seguir em frente, deve ser muito difícil tornar-se durona num momento como esses, mas acho que, se ela foi capaz de fazer isso, vai encontrar outra pessoa com quem sonhar ♥
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Brunna,
    Adorei conhecer sua crônica. É bem difícil quando duas pessoas fazem escolhas e isso as leva para lugares diferentes, mas, infelizmente, a vida é assim e não podemos mudar, não é?
    Espero ler outros textos seus, pois você tem talento.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Nossa, que texto lindo. Adorei a sua escrita, bem leva e simples e com um significado haha
    Todos temos que escolher os caminhos que devemos seguir, mesmo que isso nos leve para caminhos diferentes, oposto. Adorei o texto.

    ResponderExcluir
  12. Oi!

    To acompanhando algumas crônicas e textos por aqui e um mais legal que o outro. Adorei as escolas das palavras para falar sobre os caminhos, é difícil, mas as vezes é necessário. Terminei um relacionamento há pouco tempo e foi uma questão realmente de caminhos divergentes, então amei seu texto por me trazer uma reflexão que estava meio esquecida haha


    beijos =)

    ResponderExcluir
  13. Oi Brunna!
    Já faz um tempo que venho lendo alguns contos e crônicas aqui do blog e estou amando!
    Como sempre, adorei esse também. Gosto de textos que falam de escolhas e caminhos a serem tomados - que nem sempre são fáceis. E o último parágrafo ficou perfeito!
    Parabéns!!!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/10/livro-desnecessario-depois-de-voce.html

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Como sempre, mais um crônica do blog que eu simplesmente amei! Tem uma escrita bem poética, leve, que nos faz nos apaixonar. Parabéns pela escrita!
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Que crônica maravilhosa!Você falou de forma tão poética que foi impossível não ficar refletindo sobre as minhas próprias escolhas e caminhos depois da leitura. Seu texto toca na alma e isso não é pra qualquer um.
    Parabéns!
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  16. Que texto lindo! Fiquei bastante tocada, confesso que fiquei de olhos marejados (não repare, sou chorona). Seu teto tem um viés poético, você leva muito jeito. Adorei!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  17. Oie...
    Acho que é o primeiro texto que leio da Bruna, e já fiquei mais do que apaixonada por suas palavras. Super tocante, uma ótima forma de expressar os sentimentos.
    Amei!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi Brunna, tudo jóia?
    Que blog mais fofo e minimalista! Adorei <3
    A imagem com os olhos da Cara ilustrou muito bem a força que seu texto passa!
    Adorei a forma que você descreveu um momento pelo qual muitas pessoas passam, de forma muito sensível e bonita!
    Aproveitei e li outros textos seus, gostei da sua escrita :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. O que foi esse texto?
    To chocada.
    Sua escrita é muito envolvente e me prendeu. Achei tão gostosa de se ler que mesmo que o texto se tornasse um livro eu ainda o leria com a mesma facilidade.
    A imagem também foi muito bem escolhida, me passou todo o sentimento que o texto mostrou e pedia.
    Adorei.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Uma escrita leve e ao mesmo tempo clássica, isso flui muito bem no texto e fez com que eu viajasse em meus pensamentos enquanto lia. Parabéns e espero ver outros por aqui, vou já procurar!

    ResponderExcluir
  21. Olá, flor, acho que essa é a primeira vez que vejo um texto seu e já curti muito, vou aguardar os próximos. Parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Que texto forte, principalmente o final me fez pensar em algumas coisas, admito. Sua escrita é linda e representa bem os sentimentos. Espero ver outros textos teu Brunna! ;)

    ResponderExcluir
  23. Oi Bruna!
    Que lindo texto, triste porém lindo.
    É sempre uma dor términos, mas por mais que doa, precisamos ser forte! Adorei o texto, parabéns!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir