quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Confissão

18 Comentários



Tinha um querer bem no meio do sorriso
Uma espera inútil no meio do silêncio
Um coração que não aprende a calar

Tinha as palavras na ponta da língua
uma confissão na ponta dos dedos
um desejo desajeitado sem pressa de se revelar

Tinha nenhum e qualquer motivo no meio das palavras
Um fio de coragem no meio dos receios
Um passo à frente no meio do jeito que eu não levo pra dizer

Uma esperança no meio da interrogação
Uma ternura inusitada invadindo o pensamento
Uma bobagem que não cumpriu caber em si

Um olhar atento jogado no seu universo clicado
Uma vontade tola de passear por ele
Um beijo e uma canção guardados pra te dar

Um devaneio infantil no meio da realidade
ideias de bordar de azul os dias
e de parar o tempo pra talvez se perder nele

Tinha uma saudade do que ainda não foi,
um chamado aceito para o que ainda não veio
Um faz de conta querendo te encontrar

Tinha um sim velado, mal demonstrado
no meio do que de repente  - como quem nem sente -
ainda aguarda um será.



Yohana Sanfer tem 32 anos, é escritora, autora do blog "Papel, palavra, coração", autora  dos livros "Da boca pra dentro",  
"É de menino, é de menina"  e criadora da livraria virtual Sanfer Livros.   
                                                        
Siga no

18 comentários:

  1. Que lindo!!! Amei!
    Não conhecia teu blog, mas com certeza o visitarei mais vezes.
    Parabéns!
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Fico feliz, Mercia! Será muito bem-vinda! BJs

      Excluir
  2. que texto bonito. meus parabéns. A gente vai lendo e se emocionando junto... :D
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Maria Valéria!
      Fico feliz! ;)

      Excluir
  3. Oiii, tudo bem?
    Que texto mais lindo esse que tu trouxestes dessa vez ao blog, confesso que pude me emocionar bastante.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu amei saber disso, Morgana! Venha sempre! Bjs

      Excluir
  4. Oi Tudo bem?
    Adorei seu texto! Parabéns!
    Vc escreve muito bem, com uma fluidez incrível! Lindo mesmo!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa receber este feedback, Sophie! <3
      Obrigada pelo carinho e seja sempre bem-vinda! bjs

      Excluir
  5. Olá, adoro poesia, tanto escrever, quanto ler, e a sua está maravilhosa, tantos sentimentos escondidos entre as palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Gabriela! Também adoro! Curto mais crônicas mas quando percebo a poesia vem...rs Obrigada pela visita! Venha sempre! Bjs

      Excluir
  6. Olá!
    Muito bonito esse seu poema, gostei desse sentimento que você nos passou, dessa profundeza.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Eu não sou uma pessoa que gosta muito de poemas, mas que texto emocionante!!!
    Você tem o dom menina, meus sinceros parabéns!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  8. Que lindo poema! Mesmo que que não curto muito poemas me emocionei!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  9. Olá querida...

    Eu não me canso de vir passear aqui e ler seus textos maravilhosos <3

    Parabéns, desejo-lhe muito sucesso hoje e sempre.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá. Adorei! Além de bonito é emocionante. Ainda quero escrever tão bem quanto você. Beijos'

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir