quinta-feira, 28 de abril de 2016

Vem cá. Vou te contar.

50 Comentários

Vem cá. Vou te contar. O nome disso é tempo. Sim, tempo. O tal senhor tão bonito, compositor dos destinos. Essa coisa que ninguém se atreve a prever ou explicar. Esse calendário correndo acelerado é o tempo. Essa noite urgente virando dia, atropelando os planos? É ele. Esse piscar de olhos que transforma tudo? Também.  

E esse vendaval sem anunciação tirando as levezas e as certezas do lugar é o que ele sabe fazer de melhor. Sem consultas, sem acordos. 
Essa poeira que sobe e fica no caminho é efeito do que é feito o tempo. De pressa, de desordem, de eternidades, de esquecimento, de seguir em frente. Varal confuso depois da tempestade.

Tombo. Com ares de castigo e deixas de aprendizado. Treino que não nos prepara pra nada, mas exige e ensina tudo. Um mestre dos bons, porém impaciente. Sem delongas e sem esperas.  

Faz sorrir e faz chorar. E embora nos limite com suas rédeas, permite que possamos ser, sentir, ir, voltar, mudar. Desde que não o desperdicemos. Desde que caibamos no hoje, no agora. O agora é seu traduzir.

O que ele quer da gente? Bravura. Coragem. Dessas de encarar. De tentar. De cair e não se entregar. De enfraquecer mas não renunciar. Que é pra dar sentido ao transcorrer. 

O que fica no caminho? Um rascunho de nós. Palavras que já não nos vestem. Bagagens que já não nos servem. Fica a ternura imatura e nossas supostas convicções. Um cadinho de estrago e um tanto de quereres abandonados. Um coração em alerta e olhos bem abertos.

Dói. Dói sim. Mas um curativo aqui, uma cicatriz ali e tudo não terá sido nada muito além de um susto. 

É. O tempo não perdoa. A boa notícia é que ele passa. E com ele, passa o aperto que bate no peito de vez em quando. Inclusive esse nó na garganta, menina. Acredita.

Acredita, porque acreditando é mais fácil passar por ele também.
_____________________________________________________________________


Para ouvir antes, durante ou depois da leitura:

Try - P!nk.


*Este texto fará parte do meu novo livro de crônicas: 
"Amor, insônia e outras travessias". Previsto para dezembro/2016.


Yohana Sanfer tem 31 anos, é escritora, autora do blog "Papel, palavra, coração", autora  dos livros "Da boca pra dentro",  
"É de menino, é de menina"  e criadora da livraria virtual Sanfer Livros.   
                                                        
Siga- no



50 comentários:

  1. Oiii lindinha, como vai?
    Que coisa mais linda esse texto, realmente é sempre preciso tentar e nunca desistir. Além do mais, adorei a música escolhida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou amando saber que vcs aprovam as músicas sugeridas! Obrigada! ;)
      Bjs

      Excluir
  2. Olá,
    O tempo é senhor de tudo mesmo. E ele não perdoa.
    É relativo e passa de acordo com as nossas emoções.
    Adorei o texto e desconhecia a música que escolheu, mas gostei bastante mesmo não sendo o meu estilo musical favorito.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Michele! Estou sempre sugerindo uma música ao final das crônicas. Tento variar e escolher uam que dê sentido à leitutra.... Fico feliz por ter gostado! Bjs

      Excluir
  3. Olá
    Eu adoro esses texto, eu penso em adicionar uma coluna nesse estilo lá no meu blog, mas deixei um pouco para o lado. Suas palavras foram lindas, não tem palavras mais certa do que essa ditas agora. Sei que as vezes a vida lhe dar uma rasteira e o tempo acaba se transformando o seu inimigo,por isso é sempre bom sacudir a poeira e ir novamente! Afinal somos brasileiros e desisti jamais. Até mais vê. P.S. Amo essa música da P!nk
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são os ensinamentos do tempo! Fico feliz com sua leitura e suas palavras, Manoel! Volte sempre!
      BJs

      Excluir
  4. Olá
    Ótimo texto e mais verdadeiro impossível, além de extremamente especial. Sobre o tempo é possível refletir tanto e tanto que a gente poderia passar horas falando a respeito. Só de ler essas palavras já dá vontade de escrever também, rs...
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa saber disso! Feliz pela sua leitura e por ter despertado a vontade de escrever também! <3 Vá em frente!
      Bjs e obrigada!

      Excluir
  5. Adorei o tempo e a frase "O que fica no caminho? Um rascunho de nós." foi a que mais me chamou a atenção e me fez pensar. Obrigada pelas palavras maravilhosas, você tem muita intimidade com elas.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que bom receber as suas, Ivi! Fico feliz por saber que as minhas te agradaram assim!
      Bjs e obrigada!

      Excluir
  6. Olá more...
    Adoreiii seu texto, parabéns!
    De fato com a correria do dia a dia o tal “tempo” acaba passando por entre os dedos e nem percebemos...
    “É. O tempo não perdoa. A boa notícia é que ele passa. E com ele, passa o aperto que bate no peito de vez em quando. Inclusive esse nó na garganta, menina. Acredita.”
    Isso é o que me conforta em momentos como os que estou vivendo agora.
    Acredite... a música da PINK foi a cereja do bolo – li novamente o texto só pra ter uma trilha sonora junto... e fez outro sentido em minha mente.
    Beijokas
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber disso, Grazi! Músicas me inspiram muito para escrever e quis trazer um pouco dessas inspirações pra tocar a leitura de vocês também! <
      Feliz por saber que texto e música agradaram! Obrigada!
      Bjs

      Excluir
  7. Oie, amei, você escreve bem demais e fez uma ótima e verdadeira reflexão sobre o tempo. Minha parte preferida foi: "Acredita, porque acreditando é mais fácil passar por ele também."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Tamara! Fico feliz com o carinho e com sua leitura!
      BJs e obrigada!

      Excluir
  8. Olá
    Adorei o texto e ao longo da leitura fiquei refletindo sobre muita coisa que você falou .Hoje em dia tudo nossa e falar que estamos sem tempo e quando percebemos parece que é o tempo que está sem nós pq e tão pouco o tempo que temos para falar que não temos tempo e o tempo acaba escorregando pelos nossos dedos sem percebemos. Amei o texto super reflexivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! E ele corre tanto né?
      fico feliz pelas reflexões!
      Obrigada!
      BJs

      Excluir
  9. Que texto lindo! O tempo exige bravura, mas te da a certeza que por mais que a dor te sufocar, o tempo vai passar, sempre passa.
    Beijo

    http://capsuladebanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! para alguns momentos essa passagem longa ajuda, em outros queremos que ele se adiante né? rs Obrigada pela leitura e venha sempre! Bjs

      Excluir
  10. Olá, tudo bem? Seu texto é muito lindo e retrata muito bem o que é o tempo. Gostei ainda mais de saber que ele estará em um livro. Já vou dar os parabéns e desejo muito sucesso para você.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Camila! Fico muito feliz pela leitura por esse carinho! Venha sempre e muito obrigada! BJs

      Excluir
  11. Oi yohana que crônica maravilhosa, a fotografia escolhida também está linda. A música então, nem se fala. Pink é vida, já quero ver esse seu livro de crônicas, tenho a mais pura certeza de que será maravilhoso e fará um grande sucesso.
    Desejo tudo de bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso é receber tanto carinho e bons desejos assim, Kris! Muito obrigada e venha sempre! bjs

      Excluir
  12. Oie!
    Nossa, que texto lindo. Realmente, o tempo é algo lindo e cruel ao mesmo tempo. Com ele, podemos viver, conquistar algo, amadurecer. Mesmo que para isso, acabamos sofrendo no processo. Mas sem ele, não conseguiriamos nada. Esse texto é lindo!!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Um eterno professor e nós eternos aprendizes né? rs
      Obrigada pelo carinho! Venha sempre!
      Bjs

      Excluir
  13. Oiee Yohana ^^
    Eu ainda não conhecia os seus textos, mas adorei! Realmente, o tempo não perdoa e não nos prepara para o que vem... Mas ele ajuda a esquecer, né? E também diminui a dor. Mas a pior parte é que ele não espera, e, acho que, às vezes, tudo o que a gente queria era poder parar o tempo, né?
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse, Dryh! "A pior parte é que ele não espera..." :/ E nisso a gente vai aprendendo na marra a lidar com ele né? rs
      Obrigada pela leitura e pelo carinho! Bjs e venha sempre!

      Excluir
  14. Olá,
    Que lindo o texto! Bem profundo, o tempo é mesmo encarregado e responsável por tantas coisas e ele passa tão rápido. Realmente, o tempo também cura a dor e leva embora o sofrimento. Adorei e já quero mais! Parabéns pelo livro. (:
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá Yohana,
    Nossa, que texto mais incrível. Eu sempre tive problema em relação ao tempo, pois ou ele sempre passou rápido ou ele foi bastante devagar, mas, o pior, é que ele não volta. Se passou, passou e fim.
    Acho que você escreve muito bem e só vi verdades em seu post. Espero que seu livro faça muito sucesso.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  16. OOi!
    Que texto maravilhosooooo! Se eu tivesse uma porcentagem desse dom tava feita. haha
    Olha, essa é a única certeza que a gente tem. O tempo passa. Mas traz e leva coisas, sensações, emoções, pessoas, lugares...
    Amei texto!

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá Yohana!
    Gostei muito do texto, está lindo! Amo escrever também, mas com os afazeres do dia a dia o tempo ficou muito curto. Concordo com o que você falou "O tempo não perdoa", mas pelo menos ele passa, e esse o alívio humano.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Oi!

    Primeiramente: nem acredito que vai lançar um livro novo, já quero loucamente!
    Nem preciso dizer que adorei o texto, né? Aliás, eu sempre gosto de tudo o que você escreve! Só num gostei muito da música, mas aí o problema é comigo... Não consigo gostar da Pink de jeito nenhum.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Yohana, tudo bem?
    Conheço você dos eventos literários da vida mas até hoje não tinha lido nada escrito por você e me surpreendi com a sua habilidade de nos fazer refletir e a qualidade da sua escrita. Você tem um talento lindo, parabéns!
    Beijos!
    www.porlivrosincriveis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá! Seu texto ficou muito lindo, seu livro de crônicas com certeza será um arraso! E adorei a escolha da música <3

    ResponderExcluir
  21. Ola lindona amei o texto, Tempo Tempo nosso maior aliado e ao mesmo tempo nosso vilão, é preciso aprender a lidar com o tempo, com suas ousadias e correrias e saber usufruir da melhor maneira. beijos e sucesso

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  22. Oi Yohana!
    Que texto lindo!!!! O tempo ao mesmo tempo pode ser nosso aliado e o nosso vilão, basta a gente saber usar ele a nosso favor. Porém, na grande maioria das vezes, nós nunca aproveitamos bem o suficiente ele...
    A música que você colocou para ouvir durante a leitura é lindíssima! Adoro ela <3 E faz bastante sentido com o seu texto.
    Parabéns pelo livro!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Yohana, tudo bem?
    Adorei o seu texto! Você escreve muito bem e suas palavras me fizeram refletir bastante sobre o tempo, especialmente porque estou passando por uma fase que me faz pensar muito sobre o futuro. Legal saber que você é escritora e que esse texto irá ser publicado em um livro em breve, desejo sucesso!
    Gostei da música que você colocou, nunca tinha ouvido antes e a achei super linda.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  24. Que texto mais lindo! E não podia ser diferente.. Li Da boca pra dentro e amei, cada texto mais maravilhoso que o outro. Eu já quero ler suas novas crônicas, já espero boas reflexões!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  25. Olá querida, adorei! Já estou na expectativa para o novo livro <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Oi Yohana,
    Que texto maravilhoso! Melhor descrição para essa palavra simples mas que causa um vendaval seria impossível. Você conseguiu colocar de forma que em abrangente seus significados e momentos. Amei!
    Amo também esse música, apertei o play duas vezes só para matar a saudade.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  27. Olá,

    Adorei o texto, incrivelmente bem reflexivo. É estranho pensar no tempo, pois é algo tão difícil de ser compreendido e que ao mesmo tempo passa igual para todos, pelo menos em tese. Ainda assim, acredito que as vezes leva muito tempo para o tempo levar (li isso em algum lugar) e o seu texto ficou maravilhoso. Espero ver mais postagens assim por aqui.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  28. Só li verdades rsrs... Amei o texto, você escreve muito bem!
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  29. Uau, que texto bacana. É pra fazer a gente pensa mesmo, né? Estou numa fase onde o tempo é tudo. Preciso de tempo, mas tenho que esperar o tempo passar... enfim... tempo... Não sabia que já tinha escrito livros, mas adorei saber. Se forem como esse texto, você tá de parabéns. Poste mais.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  30. Oi que texto lindo. Sensível e que fala de algo muito precioso: o tempo. Gostei muito do texto e de saber que és autora. Espero poder conhecer teu livro no final do ano. Se esse texto é bom, imagina os outros...

    http://porredelivos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Olá que texto lindo. Sensível e na medida certo nos toca. Adorei saber que você escreve, então traz mais textos assim pra cá <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Olá! Mais uma vez eu estou aqui admirada pelo seu texto. Uma coisa valiosa é o tempo. As vezes ele pode ser cruel, mas as vezes é a unica coisa que pode nos ajudar. Beijos'

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?
    Primeiramente queria lhe dar os parabéns, porque o seu texto está tão lindo e emocionante que me senti tocada. Bom, o tempo realmente é um bom mestre e a cada vez a gente vai aprendendo mais com ele, não é mesmo? E nesse momento eu só espero que o tempo seja meu amigo também, além de mestre e que demonstre um pouquinho de paciencia com essa menina que tem muito para aprender ainda kkkkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  34. Vou começar dizendo que adorei tudo adorei o texto, adorei a musica Pink é muito diva e adorei seu blog também.
    Esse texto maravilhoso o tempo é tudo e as vezes até mais do que deve ser o tempo para mim foi precioso apagando momentos que eu quiz esquecer e eu ainda conto com ele para curar uma dor ainda mais profunda adorei seu texto de verdade me tocou muito.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  35. Olá...
    Estou boquiaberta com a facilidade que você tem com as palavras... Até salvei o texto aqui pra ler mais tarde! Só tenho uma coisa a lhe dizer: PARABÉNS!!! Simplesmente amei sua obra :)
    Desejo muito sucesso com seu livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Amei sua escrita, o texto está incrível, e gostei da maneira como você tratou do tempo e o que muda em nossa vida, alem de falar com maestria dos caminhos que percorremos. Tenho certeza que irei ADORAR seu livro de crônicas, sucesso

    ResponderExcluir
  37. Adorei o texto, muito bem escrito e reflexivo! Realmente tempo é tudo nessa vida, e à medida que vivemos vamos mesmo deixando rascunhos de nós pra trás, é impressionante o quanto podemos aprender e mudar de opinião em uma única vida. Mas acho que esse é mesmo o fascínio da coisa.

    ResponderExcluir