segunda-feira, 7 de maio de 2012

La vie

14 Comentários





Hoje é dia sete e me despeço dos vinte e sete. 
Hoje não estou exatamente onde queria estar porque carrego na bolsa e no peito uma paleta de quereres ainda não alcançados. 
Ainda assim  não me cabem lamentos. Torço para que estes, se vierem, saibam se verter na força que é preciso pra vencer. 
Hoje inevitavelmente o refletir me invade. E não encontro a perfeição como meta ou trajetória de vida mas também não coleciono derrotas. Vejo expostos e pesados na balança um amor que é todo meu, uma família que merece o título, amigos de mais de uma década, um diploma, um emprego, um lar, fotografias que revelam e eternizam bons momentos vividos, saúde, força e bençãos que, como presentes, Deus me dá e renova diariamente.  
Por isso, por tudo isso, não canso de brindar a vida.  
Dela quero a festa toda a que tenho direito: buscas, chegadas, erros, aprendizados, lágrimas, vitórias, pôr-do sol, encontros, curativos e refazer.  
Não desconsidero os pesares. Quero sabedoria para superá-los: as opressões, as injustiças, os preconceitos, a ganância, a violência e as desigualdades. 
E não me armo só de palavras, carrego sentimentos dispostos a entrarem em prática: força, coragem, desejos, garra, esperança e fé. 
Quero espalhar meus anseios a todos os lugares e corações possíveis: a beleza das minúcias, a mansidão do amor, a necessidade do sonho, da liberdade, da igualdade, a essência da tal felicidade.  
Quero contar e cantar o que me motiva e inspira: abraços, sorrisos, paisagens, lembranças, canções, os que amo e os que me têm. 
Quero manter longe de mim tudo e todos aqueles que se vestem do que empobrece a alma: a maldade, a mentira, a inveja, o desrespeito, o egoísmo, a hipocrisia. 
Exalto o riso, o sossego, a reciprocidade, o colorido, o peito aberto. Dispenso os medos, as metades, o vazio, a insegurança. 
Por isso hoje te digo, não me venha com quases, não me venha com nuncas ou vestígios de talvez. 
Não venha com pseudo- qualquer coisa e emoções genéricas.  
Venha com sins e sabores de infinito. Venha com beijos, flores, palavras e margaritas. Venha com um móbile de estrelas, cheiro de canela ou baunilha, pés descalços, uma saia colorida pra rodar, poesia na parede e no viver, vontade e disposição pra sentir e um antídoto para os dias cinza. 
Porque hoje é o meu dia. Mais um dia e um ano de vida. Hoje eu quero um dia leve, de seriedades breves e bobagens in-ter-mi-ná-veis.

14 comentários:

  1. "Quero espalhar meus anseios a todos os lugares e corações possíveis: a beleza das minúcias, a mansidão do amor, a necessidade do sonho, da liberdade, da igualdade, a essência da tal felicidade. "

    Olha, e como você consegue espalhar tudo isso em palavras tão contagiantes que toda vez que leio um texto seu eu sinto um bem enorme!

    Felicidades imensas,no seu dia e em todos ao decorrer da sua vida!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ola Yohana,
    Sabe, eu acho esta ideia da "listinha de desejos" ótima, mas sempre esqueço de por em prática. Agora que lembrou no texto vou ver se faço!

    E na vida acumulamos vitórias e derrotas, por isso devemos comemorar os êxitos e aprender com os erros, brindado sempre a vida, conforme escreveu.

    Parabéns, muita saúde, felicidade e paz!

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaah, mas é talentosa demais.
    E tão bom é fazer aniversário e ter essa sabedoria que é sua.
    Seus desejos, são os meus que quero pra você!
    Tudo que te enriquecer a alma, o espírito, o coração.

    Beijos, e feliz aniversário outra vez.

    ResponderExcluir
  4. Flor *-*
    Parabéns por mais um ano de vida e por ter uma essência tão bela. Quero muito que você a espalhe por onde passar. O mundo precisa do encanto de teu sorriso e do encanto de tuas palavras.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Oi Yohana,

    Parabéns por desejos tão nobres!Chega um tempo na vida que não basta o quase, o talvez e o mio-termo. Talvez porque o dia se basta.

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. lindo memiga... felicidades sempre p ti.... bjkssss boa quinta

    ResponderExcluir
  8. Hola, regreso ligero de equipaje a tu hermosa casa, aquí me quedo, muy agradecido, pasa buen día, besos totales..

    ResponderExcluir
  9. Yohana, você faz aniversário no mesmo dia que eu :O
    Meus parabéns e que venham coisas boas pra você. :)
    Amei seu texto, é uma forma muito bacana de agradecer a tudo o que a vida te trouxe até hoje e de criar novos objetivos para os dias seguintes. Todo escritor tem uma forma diferente de ver a vida, a sua é linda. *-*

    Beijocas!

    Ismália .

    ResponderExcluir
  10. Suas palavras são contagiantes.
    Escreve com simplicidade e de um jeito verdadeiro me encantei *-*
    http://srt-jully.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hoje o dia esteve cinza. Até ler vc, senhorita antídoto do dia.
    Um abraço grande.

    ResponderExcluir
  12. Minha querida,
    que palavras lindas.
    Emocionei-me. De verdade.

    Acho que não cabe, agora, desejar feliz aniversário, né? Rs.
    Mas te digo parabéns. Por tudo isso aí. Tudo.

    Que te chegue uma primavera inteira perfumando com delicadeza todo o ambiente e trazendo coloridas flores para enfeitar os teus cabelos. Que te mostre também,cada vez mais, uma mulher feliz dentro de ti.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Menina,

    Logo faço aniversário e com ele, vem muita reflexão,

    Muitas das coisas que penso, ou reflito, aqui estão...

    Penso que não fiz tudo que gostaria, mas vivi coisas que jamais esperei, e isso fez toda a diferença,


    Parabéns!

    ResponderExcluir