sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Artifício mágico.

26 Comentários
Não fosse você, seria outro. É sim, seria outro, sinto em te informar. Chego a esta conclusão partindo do princípio de que o coração toma as rédeas na hora de se apaixonar e só depois, com sorte, explica tudo pra gente.
Mas olha, senta aqui. Quero te contar uns segredos.

Não fosse tua companhia, haveria outra. Mas fazer das minhas manhãs nubladas raio de sol, não sei.
Não fosse tua presença, haveria outra. Mas tornar os finais de dia conturbados um fardo suportável,não sei não.

Haveria outro corpo, mas decerto não moldado como o seu. Haveria outra voz. Quem sabe mais grave, mas talvez sem o humor bom que a sua, sublime, contém. Outras mãos sem o toque que é só seu, outros beijos que já nem saberia dar, outras palavras, outros porquês.

Não fosse o teu, haveria outro abraço. Mas duvido que com o mesmo artifício mágico de me transportar, ser abrigo e redenção. 

Sim, haveria cuidado. Mas massagear meus pés com creme de avelã antes de dormir ou temperar um tomate com azeite apresentando como receita extraordinária quando não posso cair na armadilha de furar a dieta, ah...isso só você. Seu senso de humor, sua calma ao falar, sua paciência na medida exata de ser equilíbrio em contraste à minha. Ou à falta da minha. Seu bom gosto para presentes, seu bom senso para costumes, sua compassiva audição. Isso tudo, igual não.

Outras canções, outros lugares, outras fotografias, certamente sem aquele brilho, aquele riso. Meu riso mais bonito é com você. 
Faltariam nossas manias, nossos quereres, aquele sentido em fazer valer cada passo. Aquele sentido teria ficado guardado em nós.

Tal exclusividade, tamanho diferencial, vai além dos teu olhos que gosto, da tua boca que quero, do teu carinho que é meu. Não parte somente de teu potencial pra ser incrivelmente lindo quando chega uma nuvem carregada sobre o nosso teto ou de ser incrivelmente irritante quando reconhece e conserta um erro. Nem apenas por todo o tempo e espaço em que ocupa meu peito e pensamento. É um pouco mais. Transcende todo o entendimento. 

Envolve aquele sentimento que confunde a gravidade, exala paz, transborda sorrisos, restaura a calmaria, parece primavera mas é só amor. Dedicado e reservado pra nós dois.

26 comentários:

  1. Você não cansa mesmo de fazer textos de tirar o fôlego de tão lindos!
    Toda vez que leio um texto seu eu faço uma viajem tão boa!!

    Beijos,texto lindíssimo!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Yohanna
    Que lindo texto adorei como sempre
    Um ótimo final de semana

    bjsss

    ResponderExcluir
  3. Mas que lindo, Yo! (olha a intimidade não concedida)
    A honestidade, a suavidade e todo o romantismo do amor em cada linha.
    Adorei!
    Beijos! ;*

    ResponderExcluir
  4. Como me faz bem ler seus textos, minha querida Yohana!!!!! Fico sendo repetitiva nos elogios pois faltam-me palavras para expressar o tanto que o teor dos seus escritos me tocam. Adorei!!! Parabéns!!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  5. há outros blogs, mas nenhum com a paz e o amor que o seu transmite *--*
    simplesmente amo cada palavra.
    Perfeito demais.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  6. "[...]Mas é só amor." Só? Então acho que todos deveriam sentir um amor assim, que enebria e traz sossego, que não faz sentido em ser explicado, mas que dá vida aos dias. Linda declaração!

    Desculpa demorar tanto tempo para visitar seu cantinho, Yohana. Suas palavras são de uma ternura... :)

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Ai que saudade enorme eu estava daqui, minha querida!
    Essas férias me tiraram do eixo, tamanho cansaço pra compensar. rs
    Mas eis que chego, e mergulho neste profundo sentimento escrito. Em casa palavra há uma dose tão maravilhosa desse "só amor" que parece primavera mesmo. Tão sublime, sutil, verdadeiro. Tão seu.

    Super beijo.

    ResponderExcluir
  8. Eu não acho que esse é o tipo de texto que se comenta. É do tipo que se sente. Belas palavras.

    ResponderExcluir
  9. Faço minhas as palavras da Deyse Batista.

    Delícia de blog.

    ResponderExcluir
  10. Poderiamos colocar uma pérola no nosso anel de ouro, mas preferimos um de latão, refinado, laureado pelas belezas do nosso amor, abraços

    ResponderExcluir
  11. Vim agradecer sua presença no meu vale e me deparo com esse texto. E, agora, sinto- me no dever de agradecer por essa beleza esparramada. Grato, grato, grato...

    ResponderExcluir
  12. Lindo!Amor,sentimento,tanta coisa bonita em cada uma dessas palavras,simplesmente ameiiii!
    abraço,=)

    ResponderExcluir
  13. ”Meu riso mais bonito é com você.”
    Lembrou-me que estou com saudades de quem me faz sorrir mais bonito. (:
    Gostei daqui. Beijo grande flor! (F)

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Pronto. Fiz, hoje, uma coisa que preste ,sou seu seguidor 537.
    E não custa nada reforçar: há muito não leio coisas tão agradáveis quanto seus textos,que são convidativos como uma boa conversa.

    ResponderExcluir
  15. Mais do que ler, é realmente sentir, e imaginar cada detalhe... Lindo!

    ResponderExcluir
  16. Querida, lindo o que tu escreveu ai.... Sabe que poderia sim existir outro sentimentos e outra pessoa, mas nada seria igual ao que é de fato agora.

    Beijo querida, linda a ultima frase, roubei pra postar no face. *-*
    curte lá

    ResponderExcluir
  17. Simplesmente lindo e apaixonante. Senti amor em suas palavras... Torço para que o texto seja real.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. E não somos nós as muitas versões da própria vida? Não são as flores um só jardim? Não são as nuvens todas do mesmo céu? O espelho em que sei de mim se faz no outro. O outro quando me toca, sou eu, minha incompletude, minha outra parte, de tantos nomes e tantas cores, tantas esquinas e tantas dores. Agora, em qual cor eu melhor me aconchego? Em qual versão eu melhor me leio? Em qual espelho eu mais bonito me sinto? A vida é uma só, ainda que muitas. Eu moro em um só Amor, ainda que todos.

    ResponderExcluir
  19. Flor que texto lindo! O que seria dos amores sem os seus detalhes, as suas sutilezas, que ao se juntarem formam essa imagem tão linda de se ver? Adorei seu blog.

    Beijos flor

    ResponderExcluir
  20. Calaste essa construtora de palavras aqui, Yo! Que texto!!!

    ResponderExcluir
  21. Tomei a liberdade de mandar o link deste texto para o meu namorado! Achei tão bela e tão eu a forma com que descreveu tudo e escreveu o texto! Se não fosse ele, seria outro, mas com certeza não seria igual. Adorei o texto, me identifiquei tanto!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oi,Yohana!Nossa que saudade de vir aqui te ler,teus escritos sempre tão encantadores dá até vontade de se apaixonar de novo,mas por enquanto pretendo ficar fechada pra balanço preciso dar um tempo para mim.
    Tão lindo cada linha descrita, pude sentir esse amor daqui.Lindo lindo!!!Não quero perder nunca a fé de um dia viver um amor assim.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  23. O amor e suas vias, fazendo-se no outro a completude.
    Beijo lindona!
    Fer.

    ResponderExcluir
  24. você transcende a si mesma em cada texto yohana! lindo demais.

    ResponderExcluir
  25. Amei! Lindo demais o seu jeito de nos emocionar com seus textos. Parecem tão reais...tão nossos.
    Parece, escrito para cada um individualmente...mas sei que a alma do poeta pressente sentimentos longínquos, e que atravessa corações duros e ou apaixonados e coloca uma "pitadinha" de emoção aos nossos sonhos, de nós leitores. Uma linda noite. Bons sonhos.
    E que seu despertar, seja suave, recheado de chocolates marons e brancos, saudando-a para uma linda e feliz Páscoa.
    Abraços

    ResponderExcluir