sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Pra não desandar...

15 Comentários
Foi dada a largada. A corrida para garantir um bom ano novo começou.  
Alguns planejam pular as sete ondas, outros apelam para as simpatias e comidinhas especiais, meninas garantem novas calcinhas e as lojas, que antes abrigavam sessões inteiras de peças brancas, agora encontram-se devastadas, tamanha a loucura pelo novo.  
Nova roupa, novo cabelo, novo ano. É preciso renovar tudo. 
Para a expectativa de que tudo pode mudar a partir do momento em que o relógio marcar meia-noite não há limites.  
A melancolia chegada -não se sabe de onde- nesta época, atira sua munição para todos os lados ao passo que a esperança parece lutar para manter-se no topo da gangorra.  
Tratamos o ano vigente com desdém, reclamamos de sua passividade e cobramos do ano seguinte a linda promessa de que tudo será diferente. Tudo que não funcionou, funcionará. Tudo que foi planejado, se cumprirá. Tudo que não foi feito, será. Será? 
Saúde, amor, prosperidade, felicidade. Ah! A felicidade. Reverenciamos amigos, nos entupimos de espumantes, resoluções, crenças e sentimentos que, sem muito esforço, serão esquecidos por todo o correr do calendário.  
Ingredientes temos de sobra mas ignoramos o modo de fazer. 
Lemos e nos inebriamos com Carlos Drummond de Andrade: "Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor de arco-íris, ou da cor da sua paz....",  mas transgredimos a receita.
Confundimos esperança com espera. E esperamos, esperamos, esperamos até que...opa! Outro mês de dezembro de novo anuncia um novo ano e todo o frenesi recomeça.  
A verdade é que falta fé. Mas daquela seguida de força e coragem. Fé para acreditar, sonhar, querer tanto a ponto de tornar reais as nossas idealizações. Com força pra fazer valer os esforços do percurso e coragem pra recomeçar caso o bolo não cresça como gostaríamos.  
Tome nota pra não desandar: 
Siga a dica do poeta: "tente, experimente, consciente".  Vista-se todas as cores, sorrisos e desejos para a virada de ano, mas lembre-se de erguer mais que taças nos dias que chegarão. Ouça seu coração e calibre seus passos. 
Ousadia à gosto. Porções infinitas. 
Bom ano, novo de fato!

15 comentários:

  1. E que esse 2012 seja de mudanças pra quem realmente está disposto a mudanças.

    ResponderExcluir
  2. Desejo a voce um 2012 de possibilidades e de realizações.

    Ah, domingo tem post de ano novo lá no blog, tá? Um abraço, Ana.

    ResponderExcluir
  3. Desejo um 2012 recheado de coisas boas para você!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. beijos e felicidades para ti neste ano que agora espreita, querida amiga de palavras tão certeiras!

    ResponderExcluir
  5. Amei suas palavras! Que 2012 seja um ótimo ano!! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Por que um dia não muda tudo, mas as atitudes tomadas durante todo o ano sim.

    Como sempre, sua crônica está incrível.

    Um maravilhoso 2012 para ti :)

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  7. Passei para desejar um ótimo 2012 e que todas as suas metas sejam atingidas. Muita paz, saúde, amor e sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Coitado do ano que passou. Sendo tão injustiçado pela gente... Ora, ele esteve ali, nos concedendo vários dias para que pudéssemos concretizar tantos planos. Mas se não dá, a gente tem que culpar o ano e jogar na cara dele que o seguinte vai ser bem melhor, feito namorico pré-adolescente. hahahaha... Isso é mesmo engraçado. Não dá pra esperar que o novo ano faça tudo sozinho. Vamos lá, vamos às luta!
    Saúde, amor e Luz pra você, Yohana!
    Tava com saudade de vir aqui.
    Beijos e Queijos!

    http://nomeecoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Que linda mensagem, Yohanna!
    Que oAno Novo te seja ameno, cúmplice e inspirador.
    Possa o seu blog atingir o topo do topo porque você, e o blog lindo, merecem.
    Linda e talentosa amiga
    Abraços carinhosos
    angela monnerat

    ResponderExcluir
  10. 2012 pra nós....

    Beijo guria boita!

    ResponderExcluir
  11. Agradeço a delicadeza, Yohana. Beijos :)

    ResponderExcluir
  12. Yohana querida...

    Que saibamos fazer de 2012 um novo ano realmente, repleto de realizações e alegrias...

    Bjssss

    ResponderExcluir
  13. Tanta gente esquece que o ano tem só a responsabilidade de nascer à meia-noite do dia 31 de dezembro, e que nós é que temos de fazê-lo valer a pena.
    Que acima de todas as crenças e simpatias, esteja a vontade de lutar e vencer.
    Feliz 2012!

    ResponderExcluir
  14. Um lindo 2012 pra ti, menina linda!!!
    Bjo, Yo querida.

    ResponderExcluir