segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Quando você não está.

37 Comentários
Faltam motivos. Faltam vontades.
Falta teu colo perfeito e o sossego no peito quando você não está.  
Tem um livro pela metade, tem shows rolando na tv, tem internet e chá gelado de limão. Mas na tua falta não tem ninguém. 

 Ninguém pra protestar pela cama desarrumada até as quatro da tarde, ninguém pra me mandar calçar os chinelos a todo o momento, ninguém pra contar piadas sem graça ou pra chegar com chocolate branco e estragar minha dieta. 

Ninguém pra disputar o controle remoto, pra discutir por tudo e por nada, pra me fazer lembrar que eu preciso carregar a bateria do celular, lembrar de tirar a roupa da máquina, censurar os meus filmes repetidos, reclamar do meu tempo na frente do computador, xingar o juíz daquela partida de futebol, elogiar minha comida, parodiar letras de música e quase morrer de rir de tantas bobagens mútuas.

Falta você. Falta a peculiaridade da tua presença. Falta o bem que a tua presença me faz. 

Teu olho colado no meu, tua mão procurando a minha, o cheiro do teu pescoço, seu braço em volta de mim. A paz singular que a tua companhia me traz.

Falta teu riso, teu abraço e teu abrigo.
Sabe, hoje teve nossa música no palco mundo do Rock in Rio, teve a liderança do nosso time no brasileirão e aquela receita de domingo que você gosta.
Mas faltou você. E me lembrei que da sua falta, sobrou essa inspiração tomada de saudade e uma frase guardada pra esse escrito improviso: minha alegria cabe num fim de semana contigo.

Sobra muita falta quando você não está.

37 comentários:

  1. Senti saudade, como se fosse a minha. Você escreve com sentimento, moça, e eu gosto muito.

    Um abraço,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  2. Com muita expressão de sentimentos
    Amei!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Hum! Eu já senti isso e sei o quanto é ruim, é uma saudade cortante, parece que as coisas ficam tão vazias, como sempre suas palavras são tão verdadeiras, adorei, beijoss.

    ResponderExcluir
  4. Ai que lindo,menina!Teus escritos são um encantos traduzes em palavras coisas que sinto tão lindamente.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Lindo teu escrito, linda tua saudade, lindo o teu amor.
    Que essa falta que "samba no teu peito", logo seja preenchida com presença.

    ResponderExcluir
  6. Fui capaz de sentir o teu sentir.
    Lindíssimo!

    ResponderExcluir
  7. Quando quem a gente quer não está, ficamos ausentes de nós, offline.

    ;)

    Lindo texto, flor.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Fica um espaço, um vazio. É bom estar perto.
    Vim retribuir a visita muito feliz e encantada com suas doces palavras. Voltarei sempre, um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Mesmo que fique esse vazio, é bom saber que temos alguém para preencher né? Muito bom.

    ResponderExcluir
  10. "...Teu olho colado no meu, tua mão procurando a minha, o cheiro do teu pescoço, seu braço em volta de mim. A paz singular que a tua companhia me traz..."

    Lindoooo! ;)

    ResponderExcluir
  11. oieeeeeeee!!!!!!!!!!!!
    lindo blog, viu?
    nossa, bom demais ser criança, né? e passa tão rápido... se as crianças de hoje soubessem o quanto elas sentirão falta dessa época um dia, elas aproveitariam mais, seriam crianças de verdade... e iriam querer que o tempo passasse bem devagarinho...
    beijuxxxxxxxxxxxx
    obrigada pelo carinho!!!!!

    ResponderExcluir
  12. lindoo, amei!

    Sempre falta tanta coisa quando ele se ausenta.

    Beeijo

    ResponderExcluir
  13. Senti saudade, posso dizer isso? Não do meu amor, que nem existe mais, e sim de amor, que anda sumido da minha vida, mas eu sei que logo vem. Coisa linda você sentir isso, coisa boa essa saudade que dá pra se matar e esses momentos, essas peculiaridades pra guardar. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Caríssima Yohana
    Por que você não monta um poema com os versos
    Que você escreveu nesta sua crônica?

    Alguns deles:

    Faltam motivos, faltam vontades
    Falta teu colo e sossego no peito
    Às quatro da tarde, o leito desfeito
    Encontro-me só, com minhas saudades

    Ninguém discute por tudo e por nada
    Ninguém censura meus filmes queridos
    Ninguém que lamente os laços partidos
    Ninguém que me lembre a velha piada

    Achei sua crônica lindíssima. Cheia de vida, de paixão, de sentimentos.
    Uma ode ao amor.
    Luigi,
    seu leitor, que lamenta o tempo que esteve ausente.

    ResponderExcluir
  15. Falta sempre um universo paralelo. beijos

    ResponderExcluir
  16. que coisa mais profunda, tem tanto sentimento nesse pequeno texto. Amei, amei...

    ResponderExcluir
  17. levei um susto porque tem mais de uma semana que não conseguia acessar teu blog, cheguei a pensar que tinhas excluido O.o já ia entrar em contato (sério mesmo)
    Mas já que tá tudo bem e com textos cada dia melhores vim aqui dizer que esta sua crônica está perfeita. Não tiraria nem acrescentaria nada.
    Perfeita *----*

    ResponderExcluir
  18. Oi,Yohana!Já atualizei o link lá no blog.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  19. Oiii Yohanna ja mudei la o link do seu blog boa semana pra vc bjinhosss

    ResponderExcluir
  20. Estamos em sintonia...também falo da saudade!... :)***

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  21. Sempre linda...
    Deixo um selinho de Amizade do blog, ok?
    Beijinho

    https://lh5.googleusercontent.com/-CKxc_XL7ZpY/TpT_e9kBDSI/AAAAAAAABio/nWogPslTjFA/s144/scan0007x.jpg

    ResponderExcluir
  22. Gosto tanto dos teus textos...
    Realmente quando uma pessoa querida falta, nao há nada que preencha aquela vazio que fica.
    Aproveito para desejar a voce um Feliz dia das criancas, afinal, todos nós andamos de maos dadas com a crianca que fomos um dia!
    Bjs! Sol-risos :)

    ResponderExcluir
  23. É isso que o amor verdadeiro faz conosco: nos apaixona pelos pequenos detalhes e nos faz sentir falta de tudo a todo segundo. É bom demais amar...

    Como sempre, lindo texto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Querida, passando pra desejar um ótimo resto de semana pra ti.

    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Da pra perceber no post que existe muito amor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Que coisa mais linda, viu? A gente vai lendo e sentindo a tua saudade nos invadir.

    "Mas na tua falta não tem ninguém."
    Parabéns! =*

    ResponderExcluir
  27. Eu também sinto saudades dele, do amor e de amar.
    Ela as vezes machuca ne?
    Mas um dia passa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Prefiro que falte saudade!!

    Lindo demais!

    Bjo

    ResponderExcluir
  29. ai que saudade de tudo isso, ai q saudade de não sentir saudade...

    bjksss bom fds

    ResponderExcluir
  30. Eu podia dizer tanta coisa, mas.. PORRA. rs
    Lindo demais, colei em mim.

    ResponderExcluir
  31. Suspirei dobrado em cada pausa entre as palavras. Que doçura. Que amor. A falta além de doída mostra exatamente como sentir todos os sentimentos do mundo!

    Beijos.

    ps: obrigada sempre pelo carinho em meu blog querida!

    ResponderExcluir
  32. oieeeeee, Memiga!!!
    tudo bem?
    gostou das 'vacas'? kkkkkkk
    ah, sempre bom pôr pra fora o que nos incomoda, né?
    ssrsr
    obrigada pelo carinho!
    fica com Deus!!!!
    beijuxxxxxxxxxxxxxxx

    ResponderExcluir
  33. Adoreiiiiiiiii

    uma grande bjoka =)

    ResponderExcluir
  34. Olha primeira vez aqui e posso dizer que já me apaixonei,adoro textos bem escritos,que tocam no sentimento e o blog é muito lindo,seguindo,abraço=)

    ResponderExcluir
  35. Oi Yohana, é um prazer enorme ler seus textos que descobri através de sua página no face, adoro suas considerações, sua forma de colocar seus pensamentos de maneira clara, divertida e muito emocionada, estou adorando seguir seu blog. Parabéns, vc é muito criativa, sucessos!!!

    ResponderExcluir