terça-feira, 17 de maio de 2011

Amor aprendiz

46 Comentários
    Esboça um futuro simples. Férias com sol, um filho, um lar. Reinvento a cena, traço mil rotas, deslumbro destinos, redescubro serás e almejo fôlego pra tanto desejar. 
Ele ri da minha ansiedade, das minhas antecipações. Faz cara de bobo me achando boba, arrumando meu cabelo atrás da orelha. Decerto imaginando onde estava com a cabeça para inventar de amar alguém tão cheia de idéias e sede de viver. 
Por natureza ou por implicância, gosta de me contrariar. Se encabeço dietas, me aparece com chocolate. Se concentro em uma leitura, distribui beijos intermináveis até vencer do livro. Quando cortejo o silêncio, dá de cantar músicas ao pé do ouvido alterando as letras. 
Desobediente. Meu amor é desobediente. Ele diz que é só amor. Transforma meus nãos em possibilidades. Minhas paranóias em reflexão. Minha cena de ciúme em censura. Coragem. Se veste de coragem nos dias das minhas tempestades. Quando quero estar sozinha, insiste em ser companhia. Quando quero multidão, inventa um cinema a dois com pipoca e cobertor. Não me deixa acordar junto, sai de mansinho e deixa o cheiro de seu perfume no meu rosto. 
Meu amor é desobediente. Desdobra minha paciência com aquele programa de tv que julgo machista mas assiste ao meu lado minhas séries mulherzinha sem pestanejar. Convoco audiências, ele aparta brigas. Me chama de menina e me parabeniza a cada oito de março. Me incentiva a arriscar vôos mais altos e - ainda que seja mais novo - enxuga minhas lágrimas de estafa, dizendo que vida de gente grande é mesmo assim, uma selva. 
Não é sempre bonzinho, às vezes é meu teste de paciência e tolerância. Minha porta que bate, meu telefone que não toca, minha vontade de sumir. Mas não...é o meu amor. Meu amor desobediente. 
Que fica quando mando ir embora, que não foge quando o tempo fecha. Que me cala a boca com beijo de cinema, que ouve atento quando descarrego meus discursos. Meu amor é desobediente e sabe se verter. Diz que pra cada versão da minha teimosia, tem uma dose nova de sentimento. Pra cada anúncio de cansaço, um motivo a mais pra cultivar e cuidar do que é raro de viver. Não sei de onde tira essas coisas, desconfio que rouba meus livros. Aqueles que falo pra não mexer. 
Mas não, desobediente que é, mexe com meu mundo e o coração. Minha lição de companheirismo a cada ensaio de insegurança. Minha prova de compreensão a cada personagem de paixão antiga que resgato e publico. Meu curso prático de sentir, minha provocação. Minha mudança de planos, meu caminhar junto. O castigo pra cada duvidar do amor. A revanche de cada malcriação que já fiz. 
Ah o meu amor! Mudou o rumo da minha prosa, me surpreende e me deixa orgulhosa, mas dessa vez me desafiou. 
No dia do meu aniversário, veio com bolo e velas rompendo minha crise dos quase trinta de não querer comemoração. Mas no fim, transformou minha cara de tédio em surpresa. Meu drama em comédia romântica. 
Meu amor é desobediente e diz que é só amor. Meu amor é desobediente e diz que aprendeu comigo. Meu amor atrevido, meu amor aprendiz.

46 comentários:

  1. Muito bom e intenso seu texto, parabéns e uma linda semana pra você, beijos.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Yohana,o amor é isso... tem vontade própria! bjos

    ResponderExcluir
  3. Nada melhor que o amor, não é?!
    Adorei o texto, como todos por aqui, muito bom!

    Sorte!

    :)

    ResponderExcluir
  4. Ahh,
    deixe o amor falar,quase sempre está a acertar!
    Lindíssimo texto!
    Beijo,Querida*

    ResponderExcluir
  5. Olá e ai como vai?
    Adorei o texto.
    Amor..amor...amor ..nem sei mais o que dizer...já sofri tanto kkkkkkkkkkkk

    Beijos e tudo de bom
    .........................
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  6. Você esse texto pra mim né?
    fale a verdade. Vc tá lendo meus pensamentos, mais ainda meu sentimentos. rsrsrs
    Perfeito. Me lembrou a música 'o quereres' de Maria Bethânia.
    Parabéns flor. Você tá escrevendo muitooooo
    e eu, claro, me aproveitando. Sempre colhendo boas leituras quando venho aqui \o/

    ResponderExcluir
  7. Sabe aqueles momentos em que você duvida de tudo?! Inclusive que as pessoas ainda são capazes de amar?! Pois é. É aí que me deparo com um texto lindo desse, verdadeiro emocionante!
    A beleza de suas palavras bordadas com o amor e embaladas com carinho chegou até mim como música!
    Que o aprendizado seja eterno!

    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  8. Lindo texto! Aliás, como todo os demais que você escreve.
    Amo ler-te!
    :*

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto escrito por alguém que é linda! Prazer em ler-te! Adooooro! ;D

    ResponderExcluir
  10. Que lindo o seu cantinhoo..
    adorei aqui!!

    estou seguindo..
    retribui??

    beijos
    http://pathyoliver.blogspot.com
    http://momentosdapathy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Ah Yohanna que texto lindo memiga e mais ainda adorei a foto combina perfeitamente bjuss e boa semana !!!

    ResponderExcluir
  12. O amor, o que dizer sobre ele né, apenas se sente. Mas tu conseguiu descreve-lo de uma maneira incrível.
    Adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Sempre amando.. sempre amor!
    Texto belíssimo!
    im aqui dá uma espiadinha no seu blog venha conhecer o nosso tbm!
    Abraços
    http://uaimeu10.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. AMEI O TEEEEXTO DEMAIS.
    muito lindo! *-*

    ResponderExcluir
  15. Yohana, o que vou te falar? Ainda estou suspirando e li seu texto com sorriso nos lábios. Obrigada por esse sorriso involuntário nesse final de tarde. Amei!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. "Se veste de coragem nos dias das minhas tempestades."

    Que texto lindo lindo lindo!
    Tô sorrindo até agora rs, que amor bom, bonito de se ler, de saber que existe.

    Adoro o seu jeito de usar as palavras, vou sempre sendo levada ao final do texto de um jeito simples e encantador.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Os desobedientes descobrem caminhos impensáveis aos que seguem o roteiro. Só para variar, amei o texto, Yohana!
    Bjo, querida.

    ResponderExcluir
  18. Olá Yohana!.. Fiquei feliz com sua visita!.. Obrigada de coração!..
    Eitaaa que aqui é sempre o cantinho das leituras encantadoras... esse seu dom é mesmo admirável!.. Parabéns!

    Beijocas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  19. Oi, que lindo o seu.
    Obrigada pela visita nas minhas cartas, seja sempre bem vinda. :D
    beijo flôr.

    ResponderExcluir
  20. DESCULPA a demora, tu sabe que eu sou apaixonada pelos teus textos neh? Eu sou, eles são lindos, maravilhosos mesmo e eu me conecto. São como música pra se dançar com os olhos, lindo lindo. Adorei, um beijão

    ResponderExcluir
  21. o meu é bem assim também, quando estou explodindo ele me beija, parece que sempre equilibra...

    ResponderExcluir
  22. Yohana, dessa vez você me fez ler sorrindo do começo ao fim do texto. Que amor lindo, familiar para mim em muitos aspectos.
    Adorei. *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Parabens pelo blog, gostei muito, o que li por aqui me agradou bastante, me tornei seguidor
    Quando puder, passa la no meu tbm, e se gostar segue

    Abrço

    http://essenciaego.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Flor, curti seu cantinho também!!!
    Vamos trocando essas figurinhas lindas que escrevemos!
    Beijissimos!
    Juru

    http://juruzando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Ponto final do texto é um suspiro.

    Muito lindo!

    beeeeijo minha querida

    ResponderExcluir
  26. Amor é uma dádiva!E há quem diga que ele não existe,ou a famosa frase "o amor não serve pra mim". Amor é pra todos,sentir isso é muito bom,nos enche de paz!

    Beijo grande e agradecendo sempre pelas suas visitinhas adoráveis!

    ResponderExcluir
  27. Ahh o amor, esse "danadinho" sempre nos pregando peças e nos fazendo deliciosas surpresas.

    Tenha um lindo FDS

    bjinhos
    http://devaneios-fragmentos.blogspot.com/


    Nina

    ResponderExcluir
  28. Vido do blog, A Bloqueira da vez.

    parabens pelos seus textos e o blog. Gostei bastante da entrevista :P

    http://www.umcontoemeio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Muitos tentam descrever o amor, e fica aquela coisa clichê e tal. Mas soube colocá-lo de um jeito magnífico, parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi,Yohana!Que lindo!Também quero um amor desobediente desses!
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oiii Yohanaa..

    Texto excelente!! Descrição perfeita do amor, esse sentimento que vive nos contrariando, mas é uma desobediência gostosa que não vivemos sem.
    Ouvi a musica "Outro mar" da Luiza, linda mesmo viu?! E tem muito a vê com aquela minha postagem mesmo.
    BjoOO e um ótimo fim de semana!!

    ResponderExcluir
  32. Tem forma mais linda que descrever um amor do que essa? Acredito que não!
    Dá pra sentir amor escorrendo das suas palavras! Se já estamos felizes, depois de ler seu texto nos sentimos mais felizes ainda, é assim que me sinto!
    Tô apaixonada pelo seu texto, só pra variar!rs
    beeijo ;*

    ResponderExcluir
  33. "eu volteeeei, agora pra ficar"

    Tô vendo que tá tudo blue com esse coração lleno de pasion... réh! São coisas que quando vem, mudam tudo!

    Beijo morena =)

    ResponderExcluir
  34. Lindíssimo. Um amor de verdade é assim mesmo, intenso e desobediente. Tem o objetivo de fazer sermos melhor do que nós somos e mais pacientes do que podemos ser.

    Me encantei com cada palavra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Que lindo, de verdade. E no fim das contas o que importa mesmo é que seja amor, seja esse qual for. Lindo mesmo, menina, você reralmente sabe como conduzir as palavras de um jeito que agrada o ocular.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  36. O mais importante e o que vale é que é amor...beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  37. Que dom lindo, Yohana! Descrever tão bem em palavras a felicidade.
    Quase pude tocá-la aqui, de tão real que me pareceu.
    Parabéns, mais uma vez.

    ResponderExcluir
  38. aah lindo mesmo, mesmo sendo amor desobediente, faz bem pro coração amar!


    Beijo

    ResponderExcluir
  39. Adoreei ,nossa que lindo texto .Me arrepiei.
    Descreveu tão lindo um amor ,que vale a pena ter e ter vontade de ter um assim tão perfeito .

    "Transforma meus nãos em possibilidades. Minhas paranóias em reflexão. Minha cena de ciúme em censura. Coragem. Se veste de coragem nos dias das minhas tempestades. Quando quero estar sozinha, insiste em ser companhia. "

    ResponderExcluir
  40. "Meu drama em comédia romântica. Meu amor é desobediente e diz que é só amor. Meu amor é desobediente e diz que aprendeu comigo. Meu amor subversivo, meu amor aprendiz."

    Esse final ficou lindo de doer!

    Um beijo flor! Parabéns!

    ResponderExcluir
  41. Que lindo Yohana.
    Meu Deus, como vc consegue falar de amor.

    ResponderExcluir