segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Simples assim

36 Comentários

"A vida me traz sujeitos e esquece os predicados. Não finda meus pretéritos, congela meu futuro, me deixa em eterno e cansativo gerúndio.
Fico incompleta, indefinida.
"- Pára de reclamar, a vida é generosa com você!"
 Ouço minha consciência tentando pesar sobre meus sonhos e lhe digo que não. Digo que quero a dança final, o salto, a chegada, o beijo roubado, centrado, ousado, irresistível demais pra se conseguir escapar. 

Eu, sonhadora, quero o pra sempre de um abraço bom, aquelas coisas doidas boas de escutar, o sentimento urgente e bonito de viver, quero a surpresa, a falta de ar, o segredo, a coragem e quero que minha mensagem chegue até você. 

Falo de uma paisagem nova, pra se admirar a dois, dois inteiros e não um e meio. Falo de companhia pra um fim de tarde lilás, colo, afago, vento e rede de infinitas madrugadas perdidas no verão. Eu tô pedindo muito? 

Eu não preciso de nomenclaturas padrão pra qualquer espécie de paixão que ela pudesse me oferecer, bastaria-me a sensação de paz, de encontro, de segurança e retorno. 

Mas a vida brinca e me deixa no meio da roda, a vida debocha do meu querer. Ela deve considerar que reclamo de barriga cheia e esquece que meus verbos principais são querer, sonhar, sentir. Ignora que meus advérbios são sempre de intensidade. Melhor ainda, quando resolve mostrar serviço, a vida me vem boa, e sim, generosa. 

Me dá liberdade de escolha, me traz possibilidades, expectativas, frio na barriga, me abre um leque de tentadoras e, no entanto, vazias opções. Ela não fica pra acompanhar o processo que iniciou, mira os alvos, erra a pontaria, peca pela desconcentração, me deixa ao léu e desconfio que ainda ri de mim por trás dos panos. 

Perfeição? Não, eu quero o que me cabe, eu quero a felicidade que sim, ela é capaz de me dar. Não queria trilhas, não queria roteiros, abdicava até das certezas que tanto e sempre busquei. No fundo, sinto que só precisava de um cenário sonhado nesta vida real: um lápis, um bloco, outonos intermináveis, pôr do sol e um coração pra chamar de meu.

Ahh vidaaa...você bem que poderia parar de se fazer de desentendida e me mandar o que eu realmente preciso, sabe? Que tal artigos definidos?"O" amor, em vez de "uns"...eu te agradeceria!"
* Dedicado ao coração de uma antiga e especial amiga..."porque quando você sente, eu não sinto por você, mas sinto junto com você".

36 comentários:

  1. Que ótimo que você gostou do Projeto! Participe, é só postar o selinho da gincana na sidebar, ou em algum lugar visível do seu blog, e escrever um post de acordo com o tema de cada edição, que será divulgada a cada nova semana. Saiba mais visitando o blog!
    http;//entrelinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Isso é um grande problema! E, acredite, não é só você que convive com isso. Cada um que aparece do meu lado... parece macumba!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. E pensava que era só comigo que a vida se fazia de desentendida!
    Adorei o texto,me identifiquei bastante rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Seu blog é simplesmente perfeito. Já tinha tentado entrar outras vezes e não conseguia.

    Beijooo minha amiga querida e daqui pra frente sempre por aqui.

    ResponderExcluir
  5. Amigas como vc não se faz mais! Amei o texto..Amo 3 e gostaria de amar um tb..Doida? Não sou super normal! Bju

    ResponderExcluir
  6. "Eu não preciso de nomenclaturas padrão pra qualquer espécie de paixão que ela pudesse me oferecer, bastaria-me a sensação de paz, de encontro, de segurança e retorno."

    Vc escreve como ninguém. Adoro!

    Beijos e obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  7. "porque quando você sente, eu não sinto por você, mas sinto junto com você".
    texto encantadoor.

    Beijo meu.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. As vezes eu me pergunto: Será que Taurino tem a mesma personalidade?

    ResponderExcluir
  10. "Gerundiar" pode ser bom quando a fase é propícia, né, flor?

    =)

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  11. Menina, que texto maravilhoso! Tens uma despretenciosa (eu acho) maneira de transformar sentimentos, vivencias em narrativas talentosamente ímpares.
    Bjo

    ResponderExcluir
  12. oiii....

    qnd leio textos tão lindos assim como os seus fico até com vergonha dos meus...

    bjkssssss

    ResponderExcluir
  13. divino o texto...
    Chorei, chorei pois perdi uma amiga, e erámos assim, qdo uma sentia a outra sentia tb, ja tentei me reaproximar, mas ela não retorna, deixar o tempo passar...

    Vc escreve bem, muito bem, blog lindo, textos para refletir e sentir, parabéns memiga!!
    Bjs no core

    ResponderExcluir
  14. Yoha

    lindão o texto, quero um texto seu para publicar no meu blog.
    Se aceitar veja e me fala.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  15. Yohana! Que lindo texto... Você escreve bem demais da conta, menina! Parabéns...
    Há!braços e, obrigada por sua visita.

    ResponderExcluir
  16. senti vontade de abraçar todo mundo que eu amo e de dizer pra vida que ela tem sido graciosa comigo, mas como todo ser humano eu quero mais :/ e me senti feliz, porque é assim que eu me sinto quando leio um texto bom. Parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir
  17. Oi flor. Li seu texto e achei fantátisco o modo como você descreve seus sentimentos. Muito bom! Capaz de colocar em palavras, tudo o que vem de dentro. Adorei! Já estou te seguindo. Um beijo!

    ResponderExcluir
  18. É que todos nós buscamos: aconchego e segurança.


    Lindo de viver esse texto.

    bjokinhas

    Nina

    ResponderExcluir
  19. (suspirando)

    ...Paciência pequena, apenas delície-se com a vida, pois futuramente quando olhar para traz vai ver apenas a saudade...

    ResponderExcluir
  20. Que belo texto, gostoso de se ler ..
    Vc brinca com as palavras, com a sorte e com os verbos, rs..

    E quanto ao advérbio temos afinidades, pois nada melhor explica que a 'Intensidade'..

    Parabéns .. é tão bom entrar num blog e viajar nas palavras, vc se expressa de uma maneira simples e prazeirosa..

    beijoos querida..

    Callie

    ResponderExcluir
  21. Me add? contabeis618@hotmail.com
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Lindo demais o texto. Essa frase é a mais encantadora de todas: "porque quando você sente, eu não sinto por você, mas sinto junto com você".

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Obg pela visita no meu blog !
    adorei o texto ..
    disse tudo na frase "porque quando você sente, eu não sinto por você, mas sinto junto com você"!

    beeijos

    ResponderExcluir
  24. Obrigada pela visita lá no quase extinto "Cantinho da Beta"
    Qd tiver um tempo , passa em meu mundo atual: "Sonhos de Fênix"

    Ler-te suavia os segundos !!
    Obrigada e até breve!

    ResponderExcluir
  25. Yohanaaaaaaaaaaaaaaaa, saudades..
    Infinitos beijinhos no core
    Fica com Deus, flor!!

    ResponderExcluir
  26. Voltei para saborear um pouco mais de teu talento.
    Um dia de paz, flor.
    Bjo

    ResponderExcluir
  27. Oi yohana primeiro quero agradecer pelos seus comentários, adoooro. Mais o seu espaço é perfeito suas postagem lindas me identifiquei, vou vir muito aqui agora, beijinhos flor e ótimo restinho de semana.

    ResponderExcluir
  28. oi yohanna belo texto como sempre néh rs parabéns pelo blog cada dia mais autentico e lindo bjinhos

    ResponderExcluir
  29. Nossa! Que lindo! Irresistível!!! Será que poderia pegá-lo e por em meu arquivos pessoal?
    Quanta vezes eu penso isso...
    "Ahh vidaaa...você bem que poderia parar de se fazer de desentendida e me mandar o que eu realmente preciso, sabe?"

    bjuss

    ResponderExcluir
  30. Gente, fico feliz em saber que tanta gente se identifica com o que escrevo e agradeço o carinho! :)
    bjs

    ResponderExcluir
  31. Oi todo mundo mas a inspiraçao desse texto tao bem escrita por minha grande amiga é minha,da minha vida. E sim,ela realmente descreve situaçoes e emoções como se fosse a propria,isso é que é ser artista,alma de poeta!

    ResponderExcluir
  32. Lindo Yoo.. simplesmente perfeito! Adorei.

    ResponderExcluir
  33. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Parabéns! Beliisimo texto. deus te ilumine

    ResponderExcluir
  35. Gramaticalmente poético! Parabéns!

    "A vida me traz sujeitos e esquece os predicados. Não finda meus pretéritos, congela meu futuro, me deixa em eterno e cansativo gerúndio."

    Muito lindo!

    meupedepagina.blogspot.com

    ResponderExcluir